quarta-feira, 2 de abril de 2014

Projeto Mães dos anos 20



Loucos Anos 20

As sociedades do pós guerra 
reagem ao fim do conflito com uma nova alegria e com o sentimento de euforia e avidez de viver.
A sociedade transforma-se, as classes médias ganham uma nova importância e a mulher ganha um novo estatuto e uma nova capacidade de intervenção.

“Flapper girl”

Usa vestidos direitos que lhe escondem as formas, mas gosta que os rapazes lhe vejam os tornozelos e a parte inferior das pernas. Usa o cabelo cortado «à tigela», mas depois esconde-o sob o chapéu. As ruas das cidades americanas estão inundadas por um novo tipo de mulher. A Vanity Fair descobriu um nome para ela – a «flapper».
As mulheres que foram trabalhar durante a Grande Guerra e que ganharam o voto em 1920 já não voltam aos antigos ideais da feminilidade. Provaram que são iguais aos homens. (…) A geração mais velha não consegue compreender isto.


Os costumes e os valores morais alteram-se, os espaços de diversão proliferam e diversificam-se. Nasce uma nova vida noturna, surgem novos estilos de música e de dança.
A evolução dos novos meios de comunicação e a maior capacidade econômica das classes médias dão a origem a uma cultura de massas, ou seja, uma cultura democratizada, para todos. O Cinema, a Rádio, a Imprensa e a Banda Desenhada são alguns dos exemplos de formas culturais, de informação e entretenimento, que se difundem por toda a sociedade. O Desporto e a ocupação dos tempos livres passam, também, a ser acessíveis a uma maior número de pessoas.

Música Charleston da Turma do Balão Mágico






Outras Músicas das décadas de 20 e 30






Roupas da década de 20


Cabelos da década de 20





Moda







Nenhum comentário: